Momentos

Tudo na vida são momentos, alguns memoráveis outros nem tanto.

O tempo voa e com ele todas as particulas da nossa vida 

Ok, pés assentes na terra e lá vamos nós subir a colina,  gosto mais da idéia de subir, cria mais expetativa até chegar ao destino e pensar, o que é que vou encontrar?!

Todos os dias são diferentes, ainda bem, mas alguns podiam nem ter existido ou melhor o que acontece neles ! Tentar remediar nem sempre resulta, o melhor é esperar por um novo dia e não nos ficarmos a lamentar, seguir em frente para não nos empatarmos, é o melhor a fazer.

Não quero de todo dar aqui lições de vida, mesmo porque a minha não é exemplo para ninguém, mas deixo um ou outro momento que para alguém pode sexr importante sabe-lo ou pelo menos registar para não repetir ,ou sim segui-lo porque vale a pena, cada um logo vê se encaixa no seu perfil.

Costumo fantasiar para ultrapassar inseguranças ou medos, é como uma espécie de fuga ou remédio para não doer tanto. 

Conhecer a causa sem dúvida que é importante, porquê? Porque podemos ajustar melhor a solução ou até perceber se há solução.

A solidão ajuda a purgar idéias, a tomar decisões. 

Rever coisas!

 Acordar, levantar, iniciar o dia.

Um duche pela manhã ajuda sempre, e claro faz parte do ritual da higiene, mas sem dúvida que deve ser um momento único e prazerso.

De baixo da água meticulosamente temperada vamos pensando, hoje vai ser diferente, um dia bem passado espero, com tarefas, responsabilidades, mas vou em frente. Para tudo isto é precisa muita coragem, vontade e uma dose suplementar de determinação!

Motivação é o que procuro para que a minha vida seja mais fácil, menos difícil de levar enfim, difícil é encontrar motivos eles não estão avulsos, mas faço o seguinte, imagino que sou uma escritora e o meu compromisso é o de todos os dias escrever um artigo de interesse comum, para preencher a coluna de um jornal, não sou muito ambissiosa.

Voltando, o tema é sempre diferente, o tema no caso, é o dia e a linha que devo seguir ou a forma como o escrevo, será a minha conduta o sentido que lhe dou, mais ou menos apelativo, suave mas empolgante, informativo, uma mera curiosidade, um apontamento ou simplesmente uma crítica social, algo que conduza a reflexão ou tudo isto num só artigo, num só dia este cenário é um dos melhores, quando o nosso estado de alma está a um nivel bem elevado, agora vamos aqueles que passam e no final nem vale a pena rever.

Dias “parvos”

Todos os temos, mas porquê “parvos”?!

Bem, é uma boa pergunta, com várias respostas claro, porque cada um tem a sua visão, mas digamos que são aqueles dias em que nada nos excitou, apenas a rotina expectavel e pronto passou!

Sabem estes dia assim acabam por nos fazer pensar que temos que agir e isso é bom, deixam de ser, “parvos” e passam a ser a final uma fonte de motivaçã. Neste momente tenho a sensação que o melhor a fazer é tirar proveito de tudo o que nos acontece e também daquilo que não nos acontece. Isto é aparentemente cansativo, mas no dia a dia nem damos conta deste fernesim.

Julgo que sem responder, encontrei pelo menos uma solução para remediar os dias”parvos”. 🙂